quinta-feira, 5 de maio de 2016


TANV (Transtorno de aprendizagem não verbal)


Definição: É um transtorno neurocomportamental do desenvolvimento caracterizado por um déficit primário ao processamento da informação perceptual não-linguística. O déficit produz problemas na recepção, na decodificação de tal informação e pode também resultar em problemas na expressão. O diagnostico é efetuado se, e somente se, esse déficit produz concomitantes prejuízos sociais” (Palombo 2006)

É uma condição neurológica causada por lesão ou disfunção da substancia branca no hemisfério direito do cérebro, cujas conexões são importantes para a integração intermodal.

Características das disfunções:
- falha na coordenação grossa e fina
- dificuldade em equilíbrio
- dificuldade em habilidades grafomotoras
- falha na percepção espacial e nas relações espaciais
- memoria visual pobre
- falha na imaginação
- inabilidade para compreender comunicação não-verbal
- dificuldade frente a mudanças ou situações novas
- déficit no julgamento e na interação social
- são desajeitados
- tem um tempo de reação aumentada
- são mais lentos na aquisição de certas habilidades
- apresentam falhas no controle motor
- há desabilidade no uso de instrumentos como tesoura, pincel, etc
- podem não aprender a andar de bicicleta
- não se saem bem em esportes, ou brincadeiras como peteca, corda...
- não são hábeis em jogos de construção (lego)
- há dificuldade no reconhecimento facial de pessoas pouco familiares
- confundem-se com direções
- desorientam-se em locais amplos
- desorganizam-se no espaço gráfico
- preferem rotinas e imutabilidade no ambiente porque apoiam-se em referencias externas
- É comum serem: imaturos, ingênuos, ambíguos, opositores, com conceito baixo, negligentes com as questões dos outros, terem poucos ou nenhum amigo, serem isolados do grupo.
- Interagem melhor com adultos do que com pares
- Tem dificuldade em engajar-se na conversa do grupo por não compreenderem as questões, o tema, o interesse comum do grupo
- Podem apresentar comportamento inapropriado
- A atenção pode ser falha. Pode apresentar impulsividade e agitação motora
- A memoria de trabalho visual, memoria episódica e memoria implícita são alteradas
- Dificuldade para planejar, organizar, perceber o tempo, raciocínio fluido, raciocínio de causa e efeito, situações novas e resoluções de problemas
- Não completam atividades
- Não esperam sua vez
- Não focam o estimulo solicitado
- não seguem direções ou instruções
- Agem sem pensar
- Insistem numa mesma atividade ou brincadeira
- Tem dificuldade em parar um comportamento, necessitando de intervenção para isso
- Podem ficar olhando para a janela, com olhar apático
- Há grande impacto no rendimento escolar
- Usam palavras sem compreende-las
- Dificuldade para entender instruções
- Não compreender linguagem figurativa
- Há verbalização excessiva, com repetições
- Uso estereotipado de expressões
- Desabilidade na leitura de expressões faciais, gestos ou compreensão de tons de voz
- Precisam de ajuda para serem independentes
- A socialização é comprometida, precisando de treino constante e mediação de um adulto

Avaliação: Anamnese, Testes neuropsicológicos, Avaliação de aspectos psicoeducacionais, Avaliação de aspectos socioemocionais

Três sinais obrigatórios para diagnostico:
QIv > QIe
Dificuldade em matemática, melhores em leitura

Fonte :http://psicanalista1.blogspot.com.br/2015/08/tanv.html